Coisas a fazer em Braga e Gerês

No norte de Portugal, apenas algumas milhas mais longe do Porto é a cidade de Braga. Com menos turistas visitam estas regiões, muitas vezes irá encontra-se sozinho no explorar das igrejas, museus e jardins.

 Braga é o lar de tantas igrejas que muitas vezes é chamada de "Roma" portuguesa e cada vez que a hora toca os seus sinos vai lembrá-lo disso. Nenhuma outra igreja é tão impressionante como o Santuário do Bom Jesus com a sua escada dramática composta por 577 degraus e acessível através de um encantador funicular também.

Além dos seus notáveis locais religiosos, a cidade é também uma grande base para explorar o Parque Nacional da Peneda-Gerês, uma reserva surpreendente onde montanhas e cachoeiras tomam conta da paisagem. Aqui pode caminhar pela floresta, apreciar as vistas do topo das montanhas ou saltar de um penhasco, aterrando nas águas cristalinas de uma lagoa. Neste itinerário de 3 dias, vamos levá-lo pelas melhores atrações de Braga e Gerês e mostrar-lhe alguns dos melhores restaurantes e hotéis desta região.


Dia 1 - Braga

Manhã: Veja o Santuário de Nossa Senhora do Sameiro

A poucos quilómetros a leste de Braga está o Santuário do Sameiro. Fundado em 1863, é um dos maiores santuários marianos de Portugal, atraindo muitos peregrinos ao longo do ano. Lá fora, o santuário destaca-se com a sua imponente cúpula branca e design neoclássico, enquanto o interior é um pouco mais modesto. De pé acima de uma colina, oferece vistas incríveis das montanhas circundantes da região, que fazem com que valha a pena a visita.



Visite o Museu dos Biscainhos

Outrora lar de uma nobre família portuguesa, o Palácio dos Biscainhos transformou-se num museu em 1978. Hoje os visitantes podem espreitar dentro deste palácio de estilo barroco e admirar seus deslumbrantes tetos ornamentados e paredes de azulejos. Pontilhada em torno de seus quartos é uma coleção de itens decorativos, desde móveis a vidros e cerâmica. Depois de visitar o museu, saia e aproveite para disfrutar de um passeio pelos jardins.  



Captura Arco da Porta Nova

Projetado por André Soares no século XVIII, este arco icónico apresenta uma mistura de estilos barrocos e neoclássicos. Marca a entrada da cidade velha de Braga, que leva o caminho para a Rua Dom Diogo de Sousa, uma rua repleta de cafés e restaurantes.



Visite a Igreja da Misericórdia

A poucos passos do arco está a Igreja da Misericórdia. Apesar de ter sido concluída em 1562, a igreja sofreu várias mudanças ao longo dos séculos, que resultou numa mistura de estilos. A estrutura é maioritariamente maneirista, mas também é possível notar alguns elementos barrocos no interior, como o altar dourado.



Entre na Catedral de Braga

Portugal está cheio de catedrais, mas encontrará a mais antiga de Braga. Mesmo antes da nação nascer, esta catedral já existia, com registos que a remontam a 1070. Com o passar dos anos, mais elementos foram adicionados ou reconstruídos, por isso o que se vê hoje é uma fusão de estilos arquitetónicos. A estrutura geral é românico, as torres sineiras e o seu telhado são manuelinos, e o seu interior é maioritariamente barroco com órgãos de tubos luxuosos subindo acima de si. Um bilhete separado lhe dará acesso ao coro superior e às capelas, como a Capela dos Reis, que contém os túmulos dos pais do primeiro rei de Portugal.



Passe pelo Jardim de Santa Bárbara

Jardim de Santa Bárbara é um pequeno jardim paisagístico localizado no coração de Braga. Vale a pena passar por aqui para capturar os seus coloridos canteiros de flores e arbustos, apoiados pelos claustros medievais do Palácio Episcopal. No meio do jardim encontra-se uma fonte do século XVII com uma estátua de Santa Bárbara, que lhe dá o nome.



Pausa para café no Café A Brasileira

Se precisar de uma pequena pausa dos passeios turísticos, vá ao Café A Brasileira. Situado no canto do Largo Barão de São Martinho, este café histórico destaca-se com a sua fachada azul e branca. Abriu as suas portas em 1907, tornando-se um dos cafés mais antigos da cidade. Hoje em dia é um local de encontro popular para os locais, jovens e velhos, que vêm aqui para desfrutar de uma xícara de café fresco ou uma deliciosa pastelaria. Quando o sol estiver sol, pode sentar-se perto do terraço.



Passe pela Praça da República

A Praça da República acolhe muitos dos eventos culturais da cidade. Também conhecida como Arcada, esta praça abriga uma série de cafés e restaurantes, bem como algumas igrejas como igrejada da Lapa e Convento dos Congregados. Escondida atrás da praça está a Torre de Menagem, uma torre quadrada que pertencia a um antigo palácio medieval.



Almoço na Retrokitchen

Da Praça da República dê um passeio até à Retrokitchen. Gerido por um casal português amigável, este restaurante de estilo retro serve deliciosas refeições caseiras por um preço acessível. Há um menu definido para o almoço que custa menos de 10€ e inclui sopa, prato principal, café e sobremesa.


Mapa do tour da manhã


Tarde: Admire os azulejos do Palácio do Raio

Ao passar pelo Palácio do Raio, não pode deixar de notar a sua fachada. Desde os azulejos nas paredes até às suas portas e varandas, tudo apresenta a cor azul. Este palácio do século XVIII foi projetado pela primeira vez como uma residência nobre para João Duarte Faria, mas foi posteriormente comprado por Miguel José Raio, dando o seu nome. Por um tempo, serviu como um hospital, e hoje funciona como um museu. Os seus quartos estão também decorados com azulejos e apresentam uma coleção de itens desde pinturas a têxteis e instrumentos médicos antigos. Nas proximidades fica a Fonte do Ídolo, uma antiga fonte romana.



Vá até bom Jesus do Monte

Sentado no topo de uma colina a poucos quilômetros a leste da cidade está o imponente Santuário do Bom Jesus do Monte. É um dos marcos mais emblemáticos da cidade, famoso pela sua dramática escadaria sinuosa com fontes e estátuas barrocas. Embora seja possível caminhar até ao santuário do centro da cidade, é um pouco exagerado, por isso sugerimos conduzir ou apanhar o autocarro número 2. Assim que chegares ao fundo, podes subir os degraus ou saltar para o funicular.

 Instalado na década de 1880, o Funicular Bom Jesus é um dos funiculares mais antigos do mundo a ser gerido pela água. Mesmo antes disso, as carruagens já levavam os visitantes para cima desta colina extenuante. Seja qual for a forma como escolher chegar, vistas incríveis da cidade o esperam no topo.

 A área tem sido um local de peregrinação desde o século XIV, mas o santuário que vê hoje foi concluído em 1834, daí o design neoclássico. Vale a pena visitar o santuário e depois passear pelos jardins circundantes, e porque não relaxar e aproveitar para beber uma bebida no café à beira da colina. As vistas assim o convidam.



Capture as vistas do Monte do Picoto

Outro grande local para capturar a cidade de cima é o Monte do Picoto. Este parque no topo da colina fica a apenas 10 minutos de carro do centro da cidade. Além do seu impressionante miradouro, também inclui um parque temático de aventura, oferecendo uma variedade de atividades, desde paintball até escalada de árvores. Se está de viagem com crianças, e quer aproveitar ao máximo o parque, deve vir aqui mais cedo.


Visite o Mosteiro São Martinho de Tibães

Por fim, siga para oeste de Braga para ver o Mosteiro São Martinho de Tibães. Entre os séculos XVI e XVIII, este mosteiro foi a sede da ordem beneditina tanto em Portugal como no Brasil. Deva dar a volta aos corredores do mosteiro e depois visite a igreja para admirar o seu extravagante interior rococó. Ao redor do mosteiro é um grande parque que vale a pena explorar também.



Jantar na Taberna do Lebre

Depois de visitar o mosteiro, pode jantar na Taberna do Lebre. Esta acolhedora taberna localizada nos arredores da cidade é especializada em petiscos tradicionais portugueses. Oferecem menus definidos (que variam entre 10 e 20€) que incluem entradas, um prato principal, uma bebida e sobremesa. Recomendamos experimentar as fritas de bacalhau e o rabanada, a versão portuguesa da torrada francesa.


Mapa para o tour da tarde


Dia 2 - Gerês

Manhã: Dirija-se ao Santuário de São Bento da Porta Aberta

Situado no meio da serra do Gerês, com vista para o rio Cávado, está este santuário impressionante. Demora cerca de uma hora a dirigir de Braga para São Bento da Porta Aberta, localizado na margem ocidental do Gerês. Juntamente com Fátima, é um dos maiores santuários de Portugal a atrair peregrinos de todos os cantos do globo. Chama-se Porta Aberta porque as suas portas estão sempre abertas aos viajantes. Mesmo que não seja religioso, não pode deixar de se sentir espantado com as vistas para a montanha e para o rio. A poucos minutos do santuário encontra-se uma pequena praia fluvial chamada Praia da Ribeira.



Relaxe na Vila do Gerês

Vila do Gerês é uma cidade termal localizada no coração do Parque Nacional e um ótimo lugar para descansar, uma vez que contém várias pousadas. É famosa pelas suas águas termais, e pode desfrutar de tratamentos relaxantes e saudáveis no centro de spa, Termas do Gerês.

 Enquanto estiver aqui, visite o Parque das Termas. Estendendo-se por quase dois hectares, este parque está rodeado de árvores centenárias. Enquanto vagueia pelos seus caminhos sombrios, ouvirá a água ondulante do rio Gerês que flui através do parque. Há uma variedade de instalações no interior, incluindo uma piscina exterior sazonal, um campo de ténis, mesas de pingue-pongue e um grande lago onde pode alugar um barco. O parque está aberto entre maio e outubro, e custa cerca de €1 para aceder ao mesmo, com alguns serviços como a piscina e os barcos a custarem mais. Se é um hóspede no hotel Águas do Gerês, a entrada do parque e a piscina é gratuita.


Desfrute dos Miradouros do Gerês

Perto do Parque das Termas, encontrará dois miradouros surpreendentes - Miradouro da Pedra Bela e Miradouro das Rocas. Com 800 metros de altura, a Pedra Bela oferece vistas esplêndidas da serra, da barragem da Caniçada e da vila de Vila do Gerês. Mais a leste fica o Miradouro das Rocas, onde terá uma vista panorâmica de 360º sobre a paisagem.


 
Capture as Cataratas

Com tantas cascatas espalhadas pelo Gerês, pode ser difícil escolher para onde ir. Se só pode caber um casal no seu itinerário, Cascata do Arado e Cascata do Tahiti são os únicos a ver.

Com cerca de 900 metros de altura, a Cascata do Arado é uma das mais belas cascatas da região. Pode caminhar do Miradouro das Rocas aqui, e quando chegar à base desfrutar de um mergulho refrescante. Também é possível estacionar nas proximidades, simplesmente seguir a estrada do miradouro até ver uma ponte, estacionar o carro por ali e depois andar o resto do caminho.


Cascata do Tahiti é um pouco mais difícil de aceder, mas as suas águas cristalinas fazem com que valha a pena a caminhada. O seu nome oficial é Cascata de Fecha de Barjas, mas a maioria das pessoas o conhecem como Taiti. Para lá chegar, terá de passar pela aldeia de Ermida e depois seguir a estrada até fafião. Pode estacionar o carro na berma da estrada e, em seguida, dar os degraus ao lado da placa. O trilho pode ser bastante escorregadio, por isso tenha cuidado ao andar pelas rochas. Quando chegar ao fim, tenha um momento para capturar esta impressionante paisagem natural, e se o tempo permitir, vá nadar.



Almoço no Fojo dos Lobos

Depois de ver as cataratas, pode almoçar no Restaurante Fojo dos Lobos. Localizado na aldeia do Fafião este restaurante serve refeições tradicionais portuguesas. Comece com um chouriço e depois siga para a Posta Mirandesa, um pedaço grosso de carne normalmente servido com batatas fritas e salada. O restaurante obtém o nome de uma armadilha de granito localizada nas proximidades. Depois do almoço, pode ir lá e ver as vistas do vale e do rio abaixo.


Mapa do tour matinal


Tarde: Nadar no Poço Azul

A poucos quilómetros a norte do Fafião está o extraordinário Poço Azul. Traduzida como Blue Well, esta lagoa escondida atrai visitantes com as suas águas esmeraldas que o fazem sentir como se estivesse nas Caraíbas. É um dos lagos mais profundos do Gerês, e se olharpara além das temperaturas frias, encontrará um local tranquilo para um mergulho rodeado pelos bosques sombrios. Para chegar à lagoa, precisa começar na aldeia de Ermida e depois seguir o trilho PR14 a pé, passando pela Fonte do Arado e Tribela. No total, são cerca de 8 km em cada sentido. Recomendamos que tome um localizador de GPS, para que não perca!



Visite a cascata dos Pincães

A próxima cascata da lista é mais a leste em Pincães. A partir de Fafião, apanhe a N308 em direção a Cabril, e a meio caminho encontrará a aldeia de Pincães. Estacione o seu carro aqui e siga uma estrada de terra durante cerca de 20 minutos até chegar à cascata. À medida que a água cai, forma uma bela piscina natural que pede outro mergulho, especialmente durante o verão.


Capturar a Ponte da Misarela

Não muito longe de Pincães é outra atração icónica que merece uma visita - Ponte da Misarela. Esta ponte medieval atravessa o rio Rabagão em meio a um desfiladeiro íngreme. A lenda diz que a ponte foi construída pelo diabo para ajudar um ladrão em fuga, daí que alguns a chamem de Ponte do Diabo. Vale a pena capturar a ponte à distância, para que possa ver o seu impressionante arco formando-se sobre a paisagem rochosa e o rio. Depois de um dia chuvoso, pode ver uma pequena cascata em cascata ao lado.



Siga o Trilho das Sete Lagoas

Se ainda estiver acordado para mais um passeio no Gerês, dirija-se à aldeia de Xertelo e siga o caminho das Sete Lagoas ou Sete Lagoas. É um trecho de 7 km, mas pode parar ao longo do caminho para capturar as vistas surpreendentes das montanhas antes de chegar às lagoas. Também pode andar aqui a partir da Ponte Misarela, mas demora um pouco mais. Se preferir, pode vir cedo de manhã para poder nadar ou até mesmo saltar das rochas. Certifique-se de trazer sapatos de caminhada adequados, pois não é a caminhada mais fácil.



Dinner at Geira Adega Wine Bar

Depois de um dia cansativo de caminhadas e natação, pode recompensar-se com um copo de vinho no Geira Adega Wine Bar. Alojado numa acolhedora casa de pedra, este é o local ideal para experimentar vinho verde, um vinho tradicional desta região. Enquanto se traduz como "vinho verde", significa um vinho jovem. A maioria dos Vinhos Verdes é vinho branco, mas também é possível encontrar variações tintos e rosé. Para acompanhar o vinho, peça uma salsicha e tábua de queijos. Se quiser uma refeição mais pesada, pode sempre voltar ao Fojo dos Lobos.


Mapa do tour da tarde


Dia 3 - Gerês

Manhã: Nadar na Cascata da Portela do Homem

Comece o seu segundo dia no Gerês com um mergulho na Cascata da Portela do Homem. Situado perto da fronteira espanhola, é uma das cascatas mais visitadas da região, pois é de fácil acesso. A água vem do rio Homem e desce as rochas, formando uma deslumbrante piscina natural abaixo. Se te sentes corajoso, podes saltar das falésias, que podem chegar aos 10 metros. A melhor maneira de chegar aqui é dirigir até Portela do Homem, estacionar perto da fronteira e depois caminhar em direção à cascata.



Explore Mata da Albergaria

Da Portela do Homem pode seguir o trilho até à Mata da Albergaria, uma floresta deslumbrante dominada por carvalhos centenários. Dentro dela, há uma estrada romana chamada Geira Romana que uma vez fez a ligação entre Bracara Augusta (atual Braga) e Asturica Augusta (astorga atual em Espanha). Pelo caminho, encontrará os restos desta estrada antiga, bem como alguns marcos. O acesso de carro é limitado, por isso é melhor caminhar aqui.



Visite a aldeia de Lindoso

Lindoso é uma pequena aldeia no Gerês repleta de casas de granito. É famosa pelo seu castelo medieval e pelos seus impressionantes espigueiros (granaries). A maioria dos celeiros são feitos de madeira, mas estes sobressaem com a sua imponente estrutura de pedra subindo em meio às colinas. Criados nos séculos XVII e XVIII, foram usados para secar e preservar o milho. Recomendamos que visite a coleção de espigueiros e depois que suba até ao castelo. Fundada no século XIII, oferece vistas esplêndidas sobre as montanhas circundantes e o Reservatório Lindoso.



Almoço no Café Restaurante MÓ

Pode parar para almoçar no Café Restaurante MÓ, localizado a poucos quilómetros a oeste de Lindoso. Este pequeno restaurante oferece um almoço acessível com deliciosas refeições saudáveis, desde bifes a guisados. Se quiser algo mais leve, também é possível pedir uma torrada ou um hambúrguer.


Tarde: Perca-se na aldeia de Soajo

Depois do almoço, pode continuar o passeio até Soajo. Semelhante a Lindoso, esta aldeia remota também abriga uma série de granários de pedra, alguns dos quais ainda são usados pelos locais para armazenar milho. Desloque algum tempo para passear pelas ruas estreitas da vila e captar as vistas sobre o rio Lima e a serra do Gerês. Siga um trilho a pé daqui, e poderá encontrar alguns cavalos selvagens que vagueiam livremente por esta região.



Admire as vistas do Miradouro do Tibo

Uma estrada sinuosa leva o caminho de Soajo para a pequena aldeia de Tibo. Antes de chegar à aldeia, encontrará o Miradouro de Tibo, um miradouro situado a 800 metros acima do nível do mar com vista para a montanha da Peneda. Vale a pena fazer uma pausa aqui para capturar as fantásticas vistas da paisagem. De pé aqui em cima, pode ver a aldeia, o rio Veiga e o Santuário de Nossa Senhora da Peneda à distância.


Visite o Santuário de Nossa Senhora da Peneda

Aninhado no meio de um vale e protegido por um afloramento de granito é este impressionante santuário do século XIX. O Santuário de Nossa Senhora da Peneda é como uma mini versão do Bom Jesus do Monte, em Braga, com uma escadaria de 300 metros a percorrer o seu caminho até à igreja. Diz-se que em 1220 um pastor viu a Virgem Sagrada aqui, e desde então tornou-se um local de peregrinação popular. Suba os degraus e admire as estátuas ao longo do caminho representando Fé, Esperança, Caridade e Glória e cerca de 20 capelas retratando cenas da vida de Cristo. Na primeira semana de setembro, a aldeia ganha vida com as festividades de Nossa Senhora da Peneda, que inclui uma procissão à luz de velas e noites animadas com música popular tradicional.



Explore Castro Laboreiro

A última atração deste itinerário do Gerês é a aldeia no topo da colina de Castro Laboreiro. Localizado a algumas milhas ao norte da Peneda e perto da fronteira espanhola, é conhecido pelos seus marcos medievais. Comece o seu passeio perto das ruínas do castelo e, em seguida, siga em direção ao centro onde encontrará um aglomerado de casas de granito, uma igreja e uma ponte de pedra medieval.



Jantar na Adega Sabino

De Castro do Laboreiro, dirija-se até Melgaço e acomode-se para jantar na Adega Sabino. Datada da década de 1940, este restaurante é especializado em cozinha tradicional portuguesa. Experimente o Cabrito do Monte (criança assada) ou o Bacalhau com Broa (bacalhau com crosta de pão), ambos grandes o suficiente para partilhar entre dois.


Mapa do tour do dia 3

Onde comer em Braga e Gerês

Há muitos restaurantes em Braga e Gerês onde pode desfrutar de uma boa refeição. Abaixo estão algumas das nossas recomendações:

  • Retrokitchen (Braga) - Gerido por um casal português, este pequeno restaurante atrai-o com a sua colorida decoração retro. Todos os dias há um almoço que inclui uma sopa, um prato principal e café por menos de 10€.
  • Nórdico Coffee Shop (Braga) - Ao lado da Retrokitchen está este café de estilo escandinavo que serve delicioso brunch e café. Tigelas de açai, panquecas e brindes de abacate são poucas das coisas que pode pedir aqui.
  • Tabuas, copos e outras cenas (Braga) - Se quer uma refeição leve com um copo de vinho, este lugar é perfeito para si. Na Tabuas pode experimentar uma seleção de queijos e salsichas provenientes de Portugal, Espanha, França ou Itália. Ao lado destes estão também alguns outros petiscos que valem a pena experimentar como a cavala ou o mini polvo.
  • Taberna do Lebre (Braga) - Situada nos arredores de Braga, esta acolhedora taberna serve petiscos saborosos para partilhar. No verão, pode desfrutar de um assento em seu pequeno terraço ao ar livre.
  • Fojo dos Lobos (Fafião) - Este restaurante obtém o seu nome a partir da deslumbrante armadilha de granito localizada na zona do Fafião. O menu centra-se na comida tradicional portuguesa e, embora existam poucas opções, as porções são muitas vezes grandes o suficiente para partilhar.
  • Geira Adega Wine Bar (Campo do Gerês) - Alojado numa antiga casa de pedra perto do Campo do Gerês, este wine bar também serve alguns petiscos. No inverno pode aquecer perto da lareira.
  • Café Restaurante MÓ (Ponte da Barca) - Perto da aldeia de Lindoso, este snack-bar serve refeições caseiras acessíveis ao almoço. Durante todo o dia também pode parar aqui para um café ou uma massa.
  • Adega Sabino (Melgaço) - No coração de Melgaço, encontrará este tradicional restaurante português que remonta à década de 1940. Os seus pratos mais famosos são o Cabrito do Monte (criança assada) e o Bacalhau com Broa (bacalhau com crosta de pão). A carta de vinhos apresenta uma variedade de Vinhos Verdes que são típicos desta região.
  • Cantinho do Antigamente (Terras de Bouro) - Escondido em Terras do Bouro, este restaurante rústico oferece vistas incríveis para a montanha. Fritas de bacalhau e bife de vitela são as únicas opções no menu, mas se reservar com antecedência, eles podem preparar outras especialidades, como o menino assado ou o tradicional guisado de Terras de Bouro.
  • O Encontro (Terras de Bouro) - Também em Terras do Bouro está este acolhedor restaurante alojado numa antiga casa de pedra. O menu apresenta pratos locais saudáveis, como vitela assada e rojões (carne de porco frita). Certifique-se de ligar antes de ir, já que nem sempre está aberto.

Onde ficar em Braga e Gerês

Pode ver as principais atrações de Braga em um dia, mas vale a pena passar algum tempo extra aqui e explorar as maravilhas naturais do Gerês. Desde propriedades históricas no centro da cidade até hotéis rurais no meio da natureza, Braga oferece muitas opções de alojamento.

Se quiser ficar no centro de Braga, recomendamos o Burgus Tribute & Design Hotel ou o Hotel Vila Galé Collection Braga.

Burgus Tribute é um hotel de quatro estrelas localizado na cidade velha de Braga. Numa rua de edifícios brancos, este hotel destaca-se com o seu exterior amarelo. Há 14 quartos dentro de cada um com o nome de uma figura notável da história da cidade. O hotel também dispõe de um restaurante que serve uma mistura de opções de carne e frutos do mar.

Situado num edifício do século XVI virado para o Largo Carlos Amarante está o Hotel Vila Galé Braga. Este luxuoso hotel oferece 123 quartos, incluindo varandas privadas com vista para a cidade. Durante a sua estadia, pode ir nadar na piscina exterior ou relaxar no spa que inclui uma piscina interior aquecida e um ginásio. Dentro do hotel estão também dois restaurantes e um bar.

Para quem quer aproveitar ao máximo o Gerês, sugerimos um dos seguintes hotéis: Hotel São Bento da Porta Aberta, Águas do Gerês ou Hotel Rural Misarela.

O Hotel São Bento é um elegante hotel situado no extremo oeste do Gerês, a 40km de Braga. Alguns dos seus 38 quartos incluem um banho de hidromassagem ou varandas viradas para as montanhas. Há também um restaurante no local especializado na cozinha tradicional portuguesa. Junto ao hotel fica o belo santuário de São Bento da Porta Aberta.

Situado no meio da serra do Gerês, encontrará o Hotel Águas do Gerês. Este acolhedor hotel oferece uma variedade de serviços, incluindo um restaurante, duas piscinas e um centro de bem-estar, com beleza e tratamentos médicos. Nas proximidades encontram-se algumas das mais incríveis cascatas e miradouros da região.

O Hotel Rural Misarela é o mais distante de Braga, localizado perto da icónica ponte de Misarela. Situado no meio do campo, este hotel tem 13 quartos com vista para o rio Rabagão. A propriedade também inclui um restaurante, uma piscina exterior e um salão com lareira onde pode aquecer no inverno.

Voltar à página inicial